Terraço do The Mark Hotel com vistas para o Central Park e MET. Foto: divulgação

A enorme penthouse do The Mark Hotel, na disputada Madison Avenue, em Nova York, abre pela primeira vez ao público para hospedagem. O apartamento havia sido colocado à venda por US$ 60 milhões, mas não houve interessados em comprar seus luxuosos 1,1 mil metros quadrados. Agora, quem sempre teve a curiosidade de saber como é passar uma noite por lá já pode realizar seu desejo. O preço, no entanto, é alto: US$ 75 mil a diária. A suíte é considerada a maior de cobertura nos Estados Unidos e inclui um terraço de 232 metros quadrados, com vistas para o Central Park e o Metropolitan Museum of Art.  

"Antes de a pintura secar na reforma, tínhamos alguém interessado em alugá-la como um apartamento, por isso nunca foi divulgada nem mesmo no nosso site", diz Olivier Lordonnois, gerente geral do Mark Hotel, à Bloomberg News. "Nós então reservamos o apartamento para uma família por 16 meses, e agora está finalmente pronta para os hóspedes."

A cobertura fica nos dois últimos andares do The Mark e inclui 5 quartos, 4 lareiras, 6 banheiros, 2 bares, uma cozinha de chef projetada por Piero Lissoni, sala de jantar com espaço para até 24 pessoas, e uma sala de estar que pode ser transformada em um grande salão de baile. O projeto do apartamento, assinado pelo lendário designer francês Jacques Grange, ganhou décor moderno e móveis exclusivos.

Grand living room. Foto: divulgação

Master bedroom. Foto: divulgação

Interior do banheiro da penthouse do The Mark Hotel. Foto: divulgação

Cozinha do chef projetada por Piero Lissoni. Foto: divulgação

Sala de jantar. Foto: divulgação

Biblioteca. Foto: divulgação

Átrio. Foto: divulgação