O respeitado Guia Virtuoso revelou algumas tendências que serão quentes no turismo de luxo em 2018. Segundo a publicação, o desejo por experiências que proporcionem "uma conexão humana genuína" durante a viagem é o que mais motiva os viajantes atualmente na hora de escolher um destino. Eles buscam ainda o inusitado e exclusivo, desde uma experiência nos ares com um caça Mig-29 na Rússia e pastorear gado na Austrália até uma celebração privativa a bordo do London Eye. Acomodações como iglus na Noruega e castelos particulares serão bastante procuradas no próximo ano. Também será alta a demanda por dormir sob as estrelas no deserto - e sem tenda.

Veja abaixo quais são as 5 hot trends para 2018.

Lugares frios são tendência quente

Aurora Boreal vista da Antártida

A Islândia ganhará popularidade ainda maior entre as destinações frias. Alasca e regiões preferidas dos aventureiros de destinos gelados, como a do Ártico e a Antártida, estão na lista. Segundo o guia, o que não pode faltar no roteiro de quem não se incomoda com as temperaturas baixíssimas é assistir à aurora boreal, pelo menos uma vez na vida. 

Novos destinos

Conhecer lugares ainda pouco explorados está no pódio das tendências para o próximo ano. Sair da zona de conforto é a frase de ordem. Os conselheiros do guia indicam que as pessoas descubram pelo menos um lugar novo a cada ano e se desafiem a experimentar roteiros e atividades inesperadas, como nadar com golfinhos, praticar balonismo ou fazer um tour de helicóptero.

Balonismo no Novo México: encarar o inusitado está entre as fortes tendências do turismo de luxo para 2018

Viagens para reforças os vínculos familiares

No topo das tendências desde 2010, viagens que misturem diferentes gerações de uma família no grupo acabaram se estabelecendo como um nicho. Um pouco mais abaixo no ranking está viajar com familiares imediatos (cônjuges, filhos, pais e mães). Seja alugar uma vila na Europa para confraternizar, fazer um cruzeiro pelas Ilhas Galápagos ou mergulhar na Grande Barreira de Coral australiana, uma viagem com a família reforça os laços, cria memórias e tem um papel importante na educação infantil. 

África

Safári em Botswana: país está na lista dos destinos mais desejados pelos turistas de luxo

Segundo a publicação, o continente será um dos centros do turismo mundial de luxo em 2018. Da África do Sul, por sua cultura e vocação aventureira, até a natureza selvagem de Botswana e do Quênia, passando pelos mercadinhos do Marrocos, a África tem uma enorme diversidade de atrativos que a tornam sempre interessante para os viajantes. O guia diz ainda que um sáfari na África deve ser uma atividade obrigatória na programação. 

Ser mais um viajante do que um turista

Nesse caso, experiências de imersão fazem a diferença. Elas permitem entrar em contato mais profundamente com os locais visitados, explorar vizinhanças e fazer descobertas espontâneas, ou seja, formas de obter uma experiência mais rica de um destino. Seja aprender uma arte local ou uma nova língua, por exemplo, os viajantes de luxo vão procurar em 2018 enriquecimento através da cultura da região que visitam.