Embarcações da Ritz-Carlton Yatch Collection são feitas sob medida para oferecer viagens a destinos mais exclusivos

O Ritz-Carlton é a primeira rede hoteleira a apostar na indústria de turismo marítimo de luxo. Resultado de uma parceria entre a companhia, que pertence a Marriott International, e os experts no segmento Douglas e Lars Clasen, o serviço deve ter início ainda em 2019, com a oferta de iates construídos sob medida para a empreitada e que viajarão para destinos selecionados ao redor do mundo. 

O primeiro dos três barcos a operar tem viagem prevista para o fim de 2019 e elevará o Marriott International à posição de único provedor de acomodações de luxo tanto em terra quanto no mar. As viagens vão durar entre 7 e dez dias e o iate qeu estreia o serviço vai navegar por destinos variados, como o Mediterrâneo, nordeste da Europa, Caribe e América Latina, dependendo da estação. 

A ideia é tornar possível viagens a destinos que não são acessíveis a grandes embarcações

Por conta de seu tamanho intimista, de 190 metros, os barcos do Ritz-Carlton Yacht Collection poderão ir a lugares não acessíveis a grandes embarcações, desde Capri e Portofino até St. Barths e Cartagena. A capacidade é para 298 passageiros e acomodará 149 suítes, todas com varanda. Duas suítes duplex de 138m² também farão parte da estrutura. Fazem parte do projeto um restaurante assinado pelo chef Sven Elverfeld do Aqua, no Ritz-Carlton de Wolfsburg, na Alemanha, que acumula três estrelas Michelin, spa, lounge e wine bar. Em terra, o hotel também promete experiências personalizadas para os viajantes, a partir de parceria com chefs e representantes do entretenimento locais. As reservas abrem em maior de 2018. 

Interior da suíte duplex, de 138 metros quadrados

Quarto batizado de Grand Suite, uma das 149 acomodações de luxo oferecidas

Interior da nova coleção de iates do Ritz-Carlton, primeira rede hoteleira a se lançar ao turismo de luxo no mar

Todas as suítes têm sua própria varanda