Em março deste ano, o bilionário Jeff Bezos passou a encabeçar a lista dos homens mais ricos do planeta, com uma fortuna estimada em US$ 112 bilhões. Desde o feito, o cofundador da Amazon aumentou sua riqueza em mais de US$ 30 bilhões, atingindo cerca de US$ 142 bi, cerca de R$ 534,6 bilhões.

De acordo com especialistas, o patrimônio do empresário ainda não atingiu seu ápice e a prova disto é que o valor das ações da varejista online aumentaram cerca de 74%, na bolsa eletrônica Nasdaq, nos últimos 12 meses. Além disso, ela é uma das favoritas dos investidores internacionais. 

Analistas norte-americanos acreditam que a Amazon deve atingir US$ 1 trilhão em valor de mercado até dezembro deste ano. Sua capitalização atual é de US$ 841,8 bilhões. Se esta previsão se concretizar, o empresário vai engordar sua conta bancária com mais US$ 28 bilhões, caso não se desfaça de nenhuma das ações que possui da empresa. 

Jeff Bezos, CEO da Amazon