Pele oleosa iluminada no verão também é possível. Foto: pixabay

Fazer um make iluminado em época de temperaturas altas, especialmente para quem tem pele oleosa, pode não ser uma das tarefas mais fáceis. Mas até quem sofre com excesso de óleo natural não tem que ficar refém da maquiagem de acabamento opaco para combater a oleosidade. É o que garante o makeup artist Bruno Moura, do Fernando Torquatto Studio, no Rio de Janeiro.  

“Acontece que há uma diferença entre uma pele com glow natural e com brilho oleoso. A pele oleosa não precisa ser escrava da maquiagem matte e é possível deixá-la iluminada sem ter que lidar com o excesso de óleo. O iluminador valoriza a estrutura óssea da face, deixando-a mais bonita e jovial, e todas podem se aproveitar disso”, diz Bruno.

O profissional ensina que o primeiro passo é usar um primer para o seu tipo de pele, ou seja, um primer de efeito fosco, e dar preferência a iluminadores em pó, evitando texturas cremosas. Se a intenção é usar uma base de textura aveludada ou cintilante no lugar da base matte de costume, a orientação é aplicar pó na zona T para se livrar do brilho, já que a área costuma exibir oleosidade mais rapidamente. Um fixador de maquiagem também pode ajudar.

o makeup artist Bruno Moura em ação no Fernando Torquatto Studio. Foto: divulgação

“Mas é importante ter muito cuidado para não destacar todo o rosto e, sim, iluminar apenas áreas estratégicas, como o alto das maçãs, abaixo das sobrancelhas, no canto interno dos olhos, no arco do cupido e na ponta do nariz", alerta.

Para a make continuar intacta o resto do dia, o expert indica blot filme e blot powder na zona T para um controle bem-sucedido do brilho em excesso.