Rio Open de Tênis é homenageado com prato da Boa Lembrança

Quinta-feira 14 Fevereiro 2019 / Alta Gastronomia

O Jockey Club Brasileiro, que sedia o Rio Open 2019, também é a casa do restaurante Victoria, que aproveita o torneio de tênis em seu "quintal" para criar uma novidade para temporada de jogos.

No sábado (16), primeiro dia do evento, a casa lança um prato da Boa Lembrança em homenagem ao Rio Open como recordação para os clientes que pedirem o prato de salmão em crosta de quinoa com ceviche de abacate, aspargos e rabanete, assinado pelo chef Marcondes Deus. A receita está em cartaz para todos aqueles que quiserem conhecer a casa, sendo espectadores ou não do torneio, que segue até o próximo dia 24.

Victoria: Prato da Boa Lembrança homenageia Rio Open. Foto: Fábio Rossi

Por: REDAÇÃO DELOOX

Barão se une ao Bar Leblon em menu de petiscos exóticos

Quarta-feira 13 Fevereiro 2019 / Alta Gastronomia

Barão desce a serra fluminense para iniciar parceria com Bar Leblon. Foto: Sarah Montovani

O consagrado chef Barão sacode a comida de boteco com uma dose de exotismo no novo menu de pestiscos do Bar Leblon. A sua já consagrada receita de Quibe de javali, com trigo de quibe, pernil de javali com sávia, hortelã, cebola e alho, e o Bolinho de Canja, preparado com galinha caipira, cenoura e caldinho da própria canja reduzido, estão na comissão de frente deste novo cardápio de receitas fora do comum.  

Desta parceria entre Barão e o restaurante, comandado por Fábio Pacheco, ainda surgem as Bolinhas de Quatro Queijos, feitas com permesão, provolone, emmenthal e gruyère, e o Presunto de Pato Defumado, preparado com magret de canard, curado por 60 dias. Barão conta que tudo é feito por etapas: após o processo, ele é defumado com folhas e cascas de tangerina, para trazer um toque fresco e cítrico ao paladar. Acompanha o petisco, ainda, uma redução de azeite balsâmico cítrico.

Até a tradicional canja de galinha virou bolinho com a assinatura de Barão. Foto: divulgação

No comando do Barão Gastronomia, referência em Itaipava, na serra fluminense, o chef, que também já trabalhou no Copacabana Palace e ao lado de nomes como Claude Troisgros, foi convidado por Fábio para a empreitada dos petiscos como aquecimento para uma parceria mais ampla.   

"É só acompanhar, outras ideias estão no forno e vamos surpreender muito em 2019. Nosso objetivo é trazer boas e novas experiências aos clientes. Não abrimos mão do tradicional, porém, queremos sempre surpreender os comensais com o novo, dentro do padrão de exigência de um bairro como o Leblon. Esse novo cardápio provoca o paladar do nosso público, com uma chancela de qualidade acima de qualquer suspeita, que é a assinatura do Barão", explica o empresário. 

Presunto de pato defumado: novidade na casa. Foto: divulgação

 

Por: REDAÇÃO DELOOX

Le Cordon Bleu cria agenda de cursos rápidos na capital carioca

Terça-feira 12 Fevereiro 2019 / Alta Gastronomia

João Paulo Frankenfeld em ação: chef é um dos experts que conduzem cursos na Le Cordon Bleu. Foto: divulgação

A Le Cordon Bleu, conceituada escola francesa de gastronomia que aportou recentemente no Rio, acaba de lançar uma programação de cursos de curta duração. A proposta é abrir espaço para quem quer conhecer a escola sem precisar passar pelo programa inteiro de formação ou ainda para aprimorar conhecimentos específicos. Este mês, duas temáticas ganham destaque.

No próximo dia 18, durante quatro horas, os alunos poderão descobrir "Os Segredos dos Éclairs". Dividida em demonstração e prática, a aula é comandada por chefs de pâtisserie da instituição que ensinam a preparar o famoso doce francês, nos sabores morango, limão, café, chocolate. Ao final, as criações poderão ser levadas para casa.

Os famosos éclairs são tema de curso este mês. Foto: divulgação

Ainda este mês, no dia 20 , às 17h, o “Curso de Sobremesas” orienta os alunos a preparar receitas francesas "empratadas", a partir de ingredientes frescos e da estação. Já no dia 21, o tema será "Foie Gras", com demonstração de diversas preparações com o ingrediente, todas harmonizadas com vinho. No final haverá degustação das receitas.

A grade completa de cursos e inscrições podem ser acessadas pelo site da escola, localizada em Botafogo. 

Por: REDAÇÃO DELOOX

Quadrucci leva ingredientes inéditos à mesa em novo menu

Quinta-feira 07 Fevereiro 2019 / Alta Gastronomia

Lula recheada com camarão e farofa de camarão seco, acompanhada de quinoa com lentilha puy e molho nero de sépia. Foto: Barbara Lopes

Casa tradicional no burburinho gastronômico da Dias Ferreira, o Quadrucci, do chef Ronaldo Canha, ganhou um cardápio para a temporada de altas temperaturas que, como o verão carioca, vai se estender estação quente afora. Até julho, cinco novos pratos leves passam a fazer parte das opções e outra novidade é que alguns ingredientes das receitas aparecem pela primeira vez no restaurante, a exemplo do creme de burrata e do aioli de wasabi com abacate que acompanha o dourado.

Salmão curado entra em cena. Segundo Canha, ele desmancha na boca após 44 horas de cura em ervas e 13 tipos de especiarias. O peixe acompanha creme de burrata, aneto e limão. De sua experiência em Nova York, onde morou durante três anos, o chef escolheu outro clássico que tem tudo a ver com o verão carioca, a ceaser salad. No lugar da alface americana, ele aposta na crocância da mini alface romana para servir com camarões grelhados, gomos de laranja pera e croutons feitos na casa.

Dourado grelhado com aioli de abacate e raiz forte. Foto: Barbara Lopes

Para os principais, um dourado grelhado acompanha a couve flor em três versões: mousseline, farofa e nhoque. É aqui que aparece o aioli de abacate e raiz forte. Já a receita de lula recheada com camarão e farofa de camarão seco vem acompanhada de quinoa com lentilha puy e molho nero de sépia.

De sobremesa, surge mousse de chocolate e pistache. De um lado, o chocolate leva crumble de pistache e de outro o pistache leva raspas de chocolate amargo. 

Mousse de chocolate e pistache. Foto: divulgação

 

Por: REDAÇÃO DELOOX

Zona Sul comemora 60 anos com flagship na Barra da Tijuca

Sexta-feira 01 Fevereiro 2019 / Alta Gastronomia

Fachada do novo Zona Sul da Barra da Tijuca, que fica no condomínio Santa Mônica. Foto: divulgação

O supermercado Zona Sul já vinha flertando com inovações pontuais em lojas selecionadas da rede, aumentando as apostas em gastronomia, ao unir cada vez mais experts no segmento em sua equipe, e abrindo espaço para marcas ainda mais artesanais. Para comemorar 60 anos na cidade, uma superloja acaba de ser aberta na Barra da Tijuca, a loja Modelo Santa Mônica, que estende a experiência com atividades inéditas em um complexo interativo e investimento em tecnologia verde.     

“Apostamos na tendência mundial de aguçar os sentidos dos comensais a partir da interatividade. Vamos não só apresentar produtos, como proporcionar a vivência e humanizar a relação com as pessoas. Iremos despertar os sentidos, além da visão e de instigar o olfato, o paladar, a audição e o tato. Será uma experiência única”, explica o renomado chef Christophe Lidy, à frente da empreitada ao lado de Jayme de Castro.

Christophe Lidy. Foto: divulgação

O grupo pretende chamar a atenção do paladar dos visitantes com uma vivência gastronômica a partir dos mais frescos produtos locais e o ineditismo de itens importados exclusivos, passando por aulas de culinária com chefs de destaque no cenário, até os restaurantes próprios com preparos artesanais a partir de insumos selecionados pelo time de experts. Entre eles, o Sushi bar assinado por Carlos Ohata; rotisseria com frango assado, antepastos e acompanhamentos; pizzaria, spaghetteria com massas frescas e café da manhã com pães e confeitaria artesanais. 

No projeto arquitetônico, sob a luz solar, o teto conta com pé-direito alto e tubulações aparentes. O ambiente integra ilhas, restaurantes e gôndolas organizados de forma circular. No centro, foi instalado um café, da marca Santo Grão, e um bar de sucos com insumos da estação. Ao redor, ilhas destacam o hortifruti com legumes, verduras e frutas frescas. Duas oliveiras naturais completam as cores do salão. Logo em frente, a ilha de queijos e frios com o Mozzarella Lab, que faz a receita na frente do cliente como uma espécie de espetáculo ao vivo.

Espaço dedicado a aulas de gastronomia faz parte do complexo. Foto: Carolina Oliveira/divulgação

A iluminação natural, feita por meio de uma grande claraboia, foi pensada para economizar recursos ambientais. As placas solares, localizadas no estacionamento, captam energia natural e, ao mesmo tempo, funcionam como proteção para os veículos contra a luz solar. O Zona Sul também implantou um sistema moderno de captação de chuva. Além disso, utiliza fossas naturais, plantou bananeiras no entorno e construiu uma área segregada para separação do lixo em orgânico e recicláveis. Outra ação é o Caixa Verde, no qual o cliente que não quiser utilizar bolsas de plástico terá prioridade e não enfrentará fila para fazer o pagamento.

Estação de frios. Foto: Carolina Oliveira/divulgação

Outra prioridade na lista do grupo é evitar o desperdício de alimentos, como conta Christophe Lidy.

"A sazonalidade da matéria-prima será respeitada ao extremo e cada ingrediente será utilizado em receitas no seu tempo ideal, conforme ficarem maduros para o consumo. A inspeção do especialista será feita diariamente. Assim, haverá receitas surpresa como bolo do dia e caponata turbinada com cogumelos", diz ele.

Por: REDAÇÃO DELOOX