MAR recebe exposição de Maxwell Alexandre que ocupou o Museu de Arte Contemporânea de Lyon

Sexta-feira 22 Novembro 2019 / Comportamento

'Pardo é papel' (Foto: Divulgação)

O Museu de Arte do Rio – MAR, sob a gestão do Instituto Odeon, inaugura?na próxima terça (26),?às 10h, “Pardo é Papel”, individual do jovem artista carioca Maxwell Alexandre. A exposição reafirma a vocação que o MAR conquistou em seis anos de existência: enfrentar o espelho, se reconhecer, escutar, afirmar o que interessa e prosseguir. Essas são tarefas para um museu que se coloca em diálogo com a cidade e sua vizinhança. O evento de abertura terá entrada gratuita e contará ainda com performance musical dos rappers BK’ e Baco Exu do Blues nos pilotis, às 20h.? 

Aos 29 anos, Maxwell Alexandre retrata em sua obra uma poética urbana que passa pela construção de narrativas e cenas estruturadas a partir de sua vivência cotidiana pela cidade e na Rocinha, onde nasceu, trabalha e reside. Com obras no acervo do MAR, Pinacoteca de São Paulo, MASP, MAM-RJ e Perez Museu, Maxwell apresenta “Pardo é Papel” no Brasil após levar sua primeira exposição individual ao Museu de Arte Contemporânea de Lyon, na França. Resultado de uma residência do artista na Delfina Foundation, em Londres, a mostra é promovida pelo Instituto Inclusartiz, de Frances Reynolds, e tem patrocínio da PetraGold.  

O início de ‘Pardo é Papel’ remete a maio de 2017, quando o artista pintou alguns autorretratos em folhas de papel pardo perdidas no ateliê. Nesse processo, além da sedução estética potente, ele percebeu o ato político e conceitual que está articulando ao pintar corpos negros sobre papel pardo, uma vez que a “cor” parda foi usada durante muito tempo para velar a negritude. “O desígnio pardo encontrado nas certidões de nascimento, em currículos e carteiras de identidades de negros do passado, foi necessário para o processo de redenção, em outras palavras, de clareamento da nossa raça. Porém, nos dias de hoje, com a internet, os debates e tomada de consciência e reivindicações das minorias, os negros passaram a exercer sua voz, a se entender e se orgulhar como negro, assumindo seu nariz, seu cabelo, e construindo sua autoestima por enaltecimento do que é, de si mesmo. Este fenômeno é tão forte e relevante, que o conceito de pardo hoje ganhou uma sonoridade pejorativa dentro dos coletivos negros. Dizer a um negro que ele é moreno ou pardo pode ser um grande problema, afinal, Pardo é Papel”, ressalta Maxwell. 

'Pardo é papel' (Foto: Divulgação)

“Tenho o enorme prazer e orgulho de apresentar este jovem talento. Maxwell é um líder natural, tem grande capacidade de atrair jovens de outras linguagens, conseguindo aglutinar as forças e todas as novas experiências dos jovens que são o futuro do Brasil. A belíssima obra de Maxwell marca uma sensibilidade da realidade social do Rio de Janeiro”, analisa Frances Reynolds, presidente e fundadora do Instituto Inclusartiz, que busca trazer um diálogo entre todos os segmentos da sociedade e os artistas, especialmente os jovens, fomentando a sua carreira e os apoiando estrategicamente no âmbito internacional. 

Para Marcelo Campos, curador associado do MAR, o museu, ao trazer essa itinerância, ratifica os modos, sensações e lugares com os quais interessa dialogar: a escola, a diversão, o museu, a laje, a sala familiar, a rua, a igreja. “Tudo isso se apresenta nas pinturas do artista. O museu, então, se repensa como signo de distinção, e nele a inclusão passa a ser meta. Lugar historicamente de ostentação de bens, o museu que nos interessa continuar deve reverter a periferização, transformando-a em autoestima”, afirma Marcelo. 

Por: REDAÇÃO DELOOX

Puma x Balmain fazem parceria com Cara Delevingne para coleção inspirada no boxe

Sexta-feira 22 Novembro 2019 / Moda

Coleção inspirada no box é desenvolvida em parceria com Cara Delevingne (Foto: Divulgação)

Em colaboração que certamente chamará a atenção de entusiastas do esporte e da moda, Puma, Balmain e Cara Delevingne se uniram para uma coleção inspirada no boxe. 

"Trabalhar com uma de nossas parceiras mais antigas e icônicas, Cara Delevingne, e casar sua visão com a de Balmain, uma marca de moda tão icônica, foi uma grande conquista", disse Bjoern Gulden, CEO da Puma. 

Projetada pelo diretor criativo da Balmain, Olivier Rousteing, e pela modelo Cara Delevingne, a linha visa invocar equipamentos de boxe tradicionais, interpretados com elegância parisiense. O resultado é uma coleção de 35 peças que abrange toda a gama de roupas esportivas de shorts de boxe, tênis e bolsas de cano.

A maior parte da coleção é em preto, mas seu vestuário também vem em tons de vermelho e azul com detalhes dourados. "Todos os envolvidos - Puma, Balmain, Cara e eu - estavam determinados a criar algo atemporal", disse Rousteing. "Acima de tudo, sabíamos que nossa mensagem precisava ser forte, refletindo exatamente quem somos e em que acreditamos".

As peças já estão disponíveis em lojas selecionadas da Puma e através de seu e-commerce.

Calção de boxe PUMA x BALMAIN em vermelho de alto risco (Foto: Puma)

Por: REDAÇÃO DELOOX

Reserva Go abre as portas no Rio Sul

Sexta-feira 22 Novembro 2019 / Eventos

Na quinta (21), a Reserva abriu sua primeira loja exclusiva para acessórios, Reserva Go, no Shopping Rio Sul. Com 25 modelos de sapatos de diversas cores e estilo, o espaço tem uma TV onde é possível criar seu próprio tênis em mais de 4.500 possibilidades. 

Veja nas fotos de Bruno Ryfer.

Pedro Cardoso

 Ana Luiza Soares e Marcela Petrone

 Antonio Palhares

Ana Rita Graciola e Fabiana Avellar

Igor Cosso

Cinara Leal

Lucas Queiroz e Dani Oliveira

Por: REDAÇÃO DELOOX

Granado Reinaugura loja e lança livro na Dias Ferreira

Sexta-feira 22 Novembro 2019 / Eventos

A reinauguração da loja Granado movimentou a Rua Dias Ferreira, na quinta (21). Quem esteve por lá conferiu a primeira perfumaria da marca e participou do lançamento do livro "Granado", escrito pelo jornalista Hermés Galvão e com prefácio de Bruno Astuto. A obra, da editora Assouline, conta a história da label que completa 150 anos em janeiro de 2020. A lista de convidados foi assinada por Patricia Brandão.

Veja nas fotos de Renato Wrobel.

Clicia Lutti e Christopher Freeman

Sissi Freeman

Gustavo Dale, Yara Figueiredo, Melissa Jannuzzi e Hermes Galvão

Lui Freeman e Maria Eduarda Moraes

Toni Oliveira, Paula Acioli, Melissa Jannuzzi e Aluizio de Abreu

Melissa jannuzzi e Patricia Brandão

Fabio Cardoso

Por: REDAÇÃO DELOOX

Marca carioca aterrissa nos Jardins em São Paulo

Sexta-feira 22 Novembro 2019 / Eventos

A marca carioca Wymann desembarcou em São Paulo pela primeira vez, com espaço exclusivo no Epicentro, nos Jardins, na quinta (21). Fundada em 2015 pela diretora criativa suíça Raquel Wymann, que trocou seu país natal pelo Rio, e um ano depois se juntou à sócia e executiva Daniela Bechara, a label nasceu com proposta de criar um “design acessível".

Veja nas fotos de Anthenor Neto.

Anna Stevanato, Ana Isabel de Carvalho Pinto e Daniela Meurer

Daniela Bechara Meurer e Raquel Wymann

 Silvana Holzmeister, Isa Dezon, Vania Goy e Carol Bertoni

Carol Filgueiras e Viridiana Estrada

Maria Rita Alonso e Paula Martins

Por: REDAÇÃO DELOOX